"Meditar é encontrar a quietude"


As impurezas físicas nas células têm o seu equivalente na mente: temor, raiva, avidez, compulsividade, dúvida ou emoções negativas. No nível energético, elas podem ser mais destrutivas do que qualquer toxina química. A ligação mente-corpo transforma atitudes negativas em toxinas químicas, os chamados “hormônios do estresse”. Para o ayurveda isso se chama “ama mental” que precisa ser eliminado/purificado. Mas não é possível purificar a mente apenas pensando nesse objetivo, é preciso utilizar técnicas que ultrapassem o domínio das emoções negativas paralisantes (medo, raiva, aversão).

Uma das melhores técnicas é a meditação, que quando bem ensinada e aplicada, permite que a pessoa libere todos seus pensamentos e emoções negativas.

Se pretende atingir plenamente os benefícios da meditação, recomendável que se busque um professor qualificado cuja tradição espiritual você respeite.

A técnica em si é muito simples, só de sentar confortavelmente em um local tranquilo, com a coluna ereta, prestando atenção no fluxo da respiração, já produz enormes benéficos.

É na meditação que a mente encontra o silêncio, um profundo sentimento de expansão, muito mais poderoso do que a sensação física de alegria, é profundo, vasto, infinito.

Apesar da meditação ter sido envolvida em uma aura de misticismo por muito séculos, é em seu âmago um processo extremamente prático e nada místico para aquietar a mente. É o melhor caminho para abrir um canal de cura. Experimente! Todas essas informações podem ser encontradas nos livros do Tarthang Tulku e Deepak Chopra.

Destaques
Arquivos