Autocuidado


Praticas diárias de autocuidado, ajudam a fortalecer e desintoxicar o corpo e a mente, aumentar o prana (energia vital) para promover saúde e prevenir futuros desequilíbrios orgânicos e energéticos. Confira 10 dicas incríveis de autocuidado para aplicar no dia a dia:

1. INSPIRE E EXPIRE

Quando sabemos contatar a energia da respiração, ela se torna uma fonte infinita de energia revitalizante.

"Respirar" é muito mais do que nosso conceito costumeiro de respiração, está ligado a outros fluxos de energia e sua qualidade se modifica de acordo com o nosso estado emocional. Quando respiramos de maneira demasiado superficial, ou quando o fazemos de maneira demasiado pesada, afetamos o resto do nosso sistema, quando equilibramos nossa respiração, equilibramos as nossas emoções, o corpo e a mente se tornam igualmente equilibrados. A respiração é como uma ponte que liga o corpo e a mente.

Para um instante e observe a sua respiração:

O que mais se mexe quando você respira? Se é barriga, ótimo! Quer dizer que você está respirando fundo, levando ar novo a todos os minúsculos alvéolos que formam o tecido dos seus pulmões e retirando deles o gás carbônico que precisa ser eliminado.

2. OLHE POR ALGUNS SEGUNDOS PARA O SOL

Todos os nossos ritmos biológicos são controlados pelo SOL. Nos alimentamos de fontes secundárias de energia solar, as plantas dependem totalmente do sol para o crescimento. Muito fundamentalmente, alimento é a luz do sol condensada em matéria.

Olhar por pequenos instantes para o sol, mesmo que indiretamente, faz a mente florescer, energiza, aquece os sentidos e nutre a essência.

A luz do sol nutre profundamente o nosso ser, entrando através da retina e da glândula pineal, e que se convertendo em bons pensamentos, inspiração, criatividade, inteligência e amorosidade.

Aproveite a abundância que a vida oferece a cada manhã.

3. PRATIQUE O PERDÃO

O perdão interior é terapêutico. Se você não perdoa, não pode ser curado internamente. Perdoar cura a alma.

Sua habilidade de “voar” no mundo interior depende do perdão interior.

Se você não perdoar vai continuar pensando no ofensor e no evento desagradável. Ao perdoar e abençoar, você para de afundar na lama e alcançar a paz interior e liberdade.

Não seja infeliz. Passado é passado! Deixe ir, aprenda a perdoar e esquecer. Desapegue-se e continue vivendo!

Raiva e ódio mantém as pessoas presas umas as outras! Quando você odeia alguém, isso cria um “vinculo de energia” com essa pessoa. Você fica acorrentado a ela, sua Alma fica presa a essa pessoa. Se você quer ser livre, deve perdoar as pessoas.

.

Perdoe, se perdoe e peça perdão.

Silenciosamente diga: “Você está perdoado. Que a paz e bênçãos divinas estejam comigo e estejam com você.

Repita 7x por 7 dias.

Perdoa a si mesmo e aos outros antes de pedir perdão.

4. ORGANIZE OS SEUS PERTENCES

A nossa casa é um prolongamento do nosso próprio corpo, atuando como uma segunda pele, que protege e serve de amparo, de limite. A casa simboliza o cuidado e preço que temos por nós mesmos, e costuma ser um reflexo do nosso estado de ânimo e de muitos aspectos da nossa personalidade.

Se você quer se sentir melhor, ter mais ânimo e lidar melhor com as dificuldades, que tal começar organizando as gavetas, desapegando-se de coisas que já não têm mais utilidade para você. Que tal criar espaço para o novo entrar?

Já ouviu falar no método da “mágica da arrumação”? É um conceito desenvolvido pela Marie Kondo – especialista em organização pessoal. O método basicamente ensina a você entender que tipo de energia e sentimento cada item/elemento da sua casa provoca. Ela defende que devemos deixar dentro do nosso lar apenas o que nos faz felizes. Isso provoca um estilo de vida mais simples, com menos itens e mais organização. Existe um seriado no Netflix com a Marie, vale a pena conferir!

5. PREPARE UMA RECEITA SAUDÁVEL

As pessoas quase sempre racionalizam demais sua nutrição, tentando balancear suas dietas de acordo com as últimas recomendações especialistas e cientistas, que defendem proporções variadas de carboidratos, proteínas e gorduras.

Do ponto de vista do Ayurveda, as plantas possuem inteligência e podemos acessar esse conhecimento através dos nossos sentidos mais primitivos (olfato, paladar, visão, audição, tato). Entender isso é fundamental para aprender a se alimentar definitivamente. Caso contrário, você vai sempre depender que alguém lhe diga o que é bom ou ruim para você.

Você é a soma total das escolhas que faz, num nível muito básico, as escolhas que você faz determinam suas experiências sensoriais – quando você está em contato com as experiências interiores que resultam das sensações que recebe do mundo, você está em contato com a essência da sua vida. Cada experiência impacta a sua biologia. O seu corpo é o resultado de tudo que você já viveu. Quando mais conscientemente fizer suas escolhas, mais conscientemente criará seu corpo.

Cozinhar é uma forma maravilhosa de se conectar aos sentidos, se você não gosta ou não sabe cozinhar, tenho uma dica incrível. Existe uma escola, com sede em Florianópolis, chamada Natural Chef, onde disponibilizam cursos presenciais e online, sobre os mais diversos temas em alimentação saudável e consciente. Para saber mais, acesse: www.NaturalChef.com.br

Aproveitando esse post, também vou compartilhar com vocês uma receitinha muito intuitiva e maravilhosa, preparo sempre que me sinto indisposta, sem apetite, má digestão, indisposição.

RECEITA DO MISSOSHIRU J (sopa de pasta de soja fermentada com cebolinha verde)

1/2 litro de água 2 colheres de sopa (bem cheia) de massa de missô escura sakura (encontrada facilmente em diversos supermercados e lojinhas de artigos japoneses) 1 pirex de cebolinha picada

1/2 tofu (opcional) picado em cubinhos

MODO DE FAZER:

Numa panela funda, aqueça a água, acrescente a pasta de missô e o tofu e deixe ferver por 5 minutos. Acrescente a cebolinha e sirva em seguida. Se preferir, acrescente um pouquinho de shoyu (molho de soja fermentada).

Você também pode adicionar alga wakame desidratada.

6. MOVIMENTE O SEU CORPO DE MANEIRA DELICADA E CONSCIENTE

“Através do relaxamento descobrimos um modo inteiramente novo de ser” O fundamento do equilíbrio e da integração do corpo e da mente, é o relaxamento. Quando estamos relaxados podemos abrir-nos para novos campos sensoriais e novas dimensões, expandindo sentimentos que unem o corpo e a mente. Muitas vezes, nossas mentes e corpos não se comunicam bem entre si, e nos vemos incapazes de alimentar qualquer um dos dois de maneira adequada. Nosso corpo é nosso “veículo” na viagem da vida, e geralmente só prestamos atenção nele quando ele gera dor e sofrimento. Precisamos aprender a entrar em contato com o nosso corpo e habita-lo em todos os momentos. Se permanecemos desligados das nossas sensações, não conseguiremos perceber a tempo o impacto que o mundo exterior provoca em nós. . Existem alguns exercícios que ajudam a integrar a mente, o corpo e os sentidos - exemplos: Kum Nye – Ioga Tibetano, são exercícios de respiração, automassagem e diferentes tipos de movimento, fáceis de executar e que ajudam a abrir os sentidos e o coração, fazendo com que apreciemos mais plenamente cada um dos aspectos da vida. Tai Chi – pratica milenar chinesa, que visa equilibrar o centro energético, para que essa energia flua por todo o corpo, proporcionando bem estar físico e psíquico.

7. TOME UM LONGO E RELAXANTE BANHO Água: fonte de vida, saúde e prazer.

A vida humana, assim como a de outros mamíferos, tem intima ligação com a água, e isso já começa no útero materno, onde ficamos flutuando no líquido amniótico, um meio aquoso, até completarmos o pleno desenvolvimento para podermos vir ao mundo.

A água é um líquido com propriedades especialmente particulares, dentre as quais é possível incluir o potencial de transmutar energias mal qualificadas do nosso sistema energético. Você já experimentou tomar um banho após se chatear com alguma coisa? ou após uma exaustiva jornada de trabalho? O que costuma acontecer? Não somo tomados por uma profunda sensação de relaxamento e acolhimento?

Pelo fato da água parecer comum, corriqueira e abundante, nem sempre lhe damos a importância devida, deixando de privilegiar, no cotidiano, aspectos relacionados à limpeza e à ingestão de água.

Banho de água do mar, limpa profundamente o campo energético.

Banho de água doce, transmuta energias mal qualificadas e fornece ao corpo e a mente, a energia da terra, do ar, do sol e das plantas.

8. ACORDE MAIS CEDO

O corpo e a mente seguem um relógio interno – um ciclo interno de 24h. Para ter saúde é fundamental manter uma rotina regular. Levantar-se, comer e ir para a cama nos mesmos horários todo dia proporciona a estrutura ideal para uma vida saudável e um dia cheio de energia.

O horário ideal para se levantar é por volta das 6am. Se você acorda após esse horário, comece ajustando o seu horário de maneira leve e consciente, acorde 30 minutos mais cedo a cada dia, assim o seu corpo vai entrando em equilíbrio aos pouquinhos. Não esqueça de ajustar o horário na hora de dormir também, se acordou mais cedo, durma mais cedo.

Acordando mais cedo, você terá mais tempo para cuidar do seu corpo, da sua higiene e da sua alimentação.

O Ayurveda fala que para se manter em equilíbrio, pessoas de natureza Vata precisam de 8-9 horas de sono; as de natureza Pitta precisam de 7-8h de sono e as de natureza Kapha 7 horas de sono.

9. MASSAGEIE SEU CORPO

A automassagem em si é um ritual nutritivo que envolve o senso de toque, uma ferramenta de cura importante em Ayurveda. Tradicionalmente, é utilizado óleo de coco ou óleo de gergelim, dependendo do seu dosha em desequilíbrio.

É uma prática maravilhosa que possuí muitos benefícios, além da pele bem hidratada. Em geral se aplica com a pele seca e o óleo morno (cuidado para não se queimar!), pois assim é melhor absorvido pela pele. . A sensação é de nutrição profunda dos sentidos. . Outros benefícios: ajuda a melhorar a circulação do corpo, estimulando o sistema de eliminação de toxinas.

10. PROJETE BONDADE AMOROSA

Vamos cuidar uns dos outros! Vamos plantar a sementinha da compaixão, respirar, intencionar e deixar que a flor BONDADE AMOROSA brote nos nossos corações. A bondade é uma capacidade de ir além da própria identidade e olha os outros seres a partir da perspectiva deles mesmos. É uma prática de transcendência ativa – vamos além de nós mesmos, surge um esquecimento das nossas tendências naturais, e aí nos tornamos capazes de efetivamente auxiliar os outros.

O Buda diz: “A impossibilidade de ajudar surge das obscuridades mentais” - obscuridades devem ser entendidas como emoções que brotam do autocentrismo. . Para projetar bondade amorosa, apenas imagine todos os seres saudáveis e felizes, praticando gentileza e amorosidade uns com os outros. . Estamos todos juntos nessa linda e curta viagem cósmica. Que todos os seres sejam felizes e gozem de saúde plena! Namastê! Obrigada!

__________________________________

REFERÊNCIAS

Gestos de Equilíbrio, Thartang Tulk.

Meditando Na Cozinha, Sônia Hirsh.

O prazer de se cuidar, Alex Botsaris.

A Ciência da Cura Prânica, Mestre Choa Kok Sui.

Origens mágicas, vidas encantadas, Deepak Chopra.

Vivenciando Ser, Mestre Choa Kok Sui.